O que é PROMPT ?

Publicado em: Textos sobre AFI, 15/03/2019 09:51

O que é o PROMPT?
A sigla PROMPT significa “Prompts for Reestructuring Oral Muscular Phonetic Targets” (Prompts/Pistas para a organização dos pontos fonéticos oro musculares). Crianças com Apraxia de Fala na Infância não sabem como planejar os movimentos dos articuladores (língua, lábios, mandíbula, etc) para falar, e essa abordagem, por meio de técnicas e estratégias específicas, a ajudam a “construir ” esse caminho.

PROMPT é uma abordagem multidimensional indicada para os transtornos motores de fala, que abrange não apenas os aspectos físico-sensoriais do controle motor, mas também os aspectos cognitivo-linguísticos e sócio-emocionais. Não é apenas uma técnica de tratamento para ensinar os sons da fala, a abordagem Prompt envolve muitos aspectos.
Existem muitos estudos científicos sérios que comprovam sua eficácia no tratamento das desordens motoras de fala, como as Apraxias de Fala e Disartrias. Muitos pacientes que não respondiam aos tratamentos tradicionais, tiveram resultados incríveis.
Essa abordagem foi desenvolvida pela Dra. Déborah Hayden, Fonoaudióloga americana, juntamente com seus colegas, por um período de 30 anos. Então já tem tempo, não é nada novo!!

Quais os profissionais que podem participar do workshop Prompt?
Apenas FONOAUDIÓLOGOS. Pais e outros profissionais não podem participar. É um curso bem específico. Essa exigência é do próprio Instituto.

Onde fazer o Workshop PROMPT?
Vocês encontram mais informações no website do Instituto Prompt: http://www.promptinstitute.com/

Como fazer para se inscrever no workshop?
As inscrições deverão ser feitas diretamente no site do Instituto. Lá você encontrará todas as orientações.

Quais são as etapas para ser uma Terapeuta Certificada PROMPT?
A certificação completa envolve 4 etapas:
I: Introdução à Técnica;
II: Bridging PROMPT Technique to Intervention;
III: Projeto Prático;
IV: Apresentação de Estudo de Caso.

No Brasil, temos Fonoaudiólogos certificados PROMPT?
Aqui, temos profissionais que já fizeram a Etapa I (oi nível I) (Introdução) e a Etapa II (nível II) . Ainda não temos terapeutas certificados (que já finalizaram todo o processo). No site do Institute Prompt consta a relação de Profissionais que já participaram do nível 1 e 2 aqui no Brasil e os pais podem consultar o contato destes profissionais.

Temos o workshop PROMPT aqui no BRASIL?
Eu, juntamente com a Fonoaudióloga Denise Miranda, trabalhamos em um projeto de tradução para o Português e em setembro de 2016 tivemos pela primeira o Workshop em São Paulo. De lá pra cá, vem acontecendo outros workshops, não apenas em São Paulo, mas em outros lugares, como em Belém, Fortaleza, João Pessoa, Curitiba, Recife, etc. Para saber do calendário dos próximos eventos, verifique no próprio site do Instituto PROMPT (www.promptinstitute.com). A Instrutora responsável pelos treinamentos é a Fga. Licenciada Maria Gabriela Sanchez.
Uma novidade recente, é que em dezembro de 2018, ocorreu também em São Paulo, pela primeira o workshop NÍVEL II (considerado o nível avançado do Método), também traduzido para o Português, por mim e pela Fga. Denise Miranda. No site do Instituto você também pode encontrar o calendário dos próximos eventos. Para pacientes severos o recomendado é que o profissional tenha o nível avançado do método.

Uma Fonoaudióloga que fez a formação no Método está preparada para atender uma criança com Apraxia de Fala?
Certamente ter a formação é um diferencial no currículo do profissional, no entanto, isso não é garantia de que ele estará totalmente capacitado. Uma formação é uma parte de um processo muito mais amplo. Para atender uma criança com Apraxia, primeiro é preciso ter experiência com crianças (estas terapias são desafiadoras para elas e por isso, é preciso incentivar muito a motivação), é preciso entender de desenvolvimento de fala e linguagem, é preciso conhecer e entender o planejamento motor de fala, e principalmente entender sobre os princípios de aprendizagem motora (learning motor principles), pois são eles que nortearão um terapia específica. Crianças com Apraxia não respondem ou respondem muito pouco às terapias tradicionais.
Um Fonoaudiólogo que conhece e estuda esses princípios certamente saberá planejar uma intervenção adequada. Um programa terapêutico adequadamente elaborado guiará todo o processo e os pais, poderão também acompanhar os progressos da criança.

Terapia com planejamento adequado sempre dará resultado! Se não der, é preciso rever se o realmente o diagnóstico está adequado, se os objetivos estão adequados, se as estratégias estão adequadas.
E sempre que preciso, rever, replanejar.

Mais dúvidas, estou à disposição para responder. Ou se preferir, visitem diretamente o site do Instituto Prompt.
Espero ter ajudado!
Abraços a todos!
Elisabete Giusti, Fonoaudióloga

http://www.promptinstitute.com