VII CONFERÊNCIA

Publicado em: Aconteceu, 14/12/2021 18:22

Anualmente a ABRAPRAXIA realiza um evento cujo objetivo principal é apresentar o que há de melhor, mundialmente, sobre o diagnóstico, tratamentos e terapias para Apraxia de Fala na Infância. Em 2021 não foi diferente.

Nos dias 05 e 06 de novembro, realizamos a 7ª edição da Conferência Nacional de Apraxia de Fala na Infância, totalmente online e com tradução simultânea em três idiomas (português, inglês e espanhol).

Ao todo participaram 759 pessoas – em sua maioria fonoaudiólogos, profissionais da saúde e educação, além de pais e familiares de crianças com AFI – espalhadas por todo Brasil, Argentina, Chile, Estados Unidos, Portugal, Austrália e Canadá.

Na sexta, 05 de novembro, o evento iniciou-se às 18h00, com abertura a cargo da Presidente da ABRAPRAXIA, Fabiana Colavinni, que fez uma apresentação sobre as atividades e projetos realizados durante o ano além do desempenho de Associação em suas redes sociais.

Depois foi a vez do Diretor-fundador e Conselheiro de Pesquisa e Desenvolvimento, José Márcio Fernandez, falar sobre o Projeto de Pesquisa Genética promovido pela Associação em parceria com a Universidade de São Paulo. A Mãe Voluntária Denise Nakamura, que participa ativamente do projeto também apresentou.

A programação seguiu com a palestra de Carol Aguiar, referência no universo da CAA/CSA no Brasil, com o tema Promovendo autonomia através da Comunicação Alternativa e Aumentativa (CAA).

Em seguida foi a vez da fonoaudióloga Monique Ferro, que apresentou o tema
A Importância do tratamento personalizado para Apraxia de Fala na Infância (AFI).

Às 21 horas, depois de muita troca de conhecimento e interação com os participantes, o encerramento ficou por conta da Vice-Presidente da ABRAPRAXIA, Juliane Tosin, que também fez a apresentação dos palestrantes e mediação do evento.

No dia 06 de novembro, sábado, o dia começou cedo e cheio de aprendizado com palestra da australiana Dra. Tricia McCabe, que falou sobre Atualidades sobre o método ReST.

Seguida pela americana Dra. Shelley Velemman, que propôs uma Atualização de práticas baseadas em evidência para avaliação e diagnóstico de AFI.

Após a pausa para o almoço, iniciamos a tarde com a Terapeuta Ocupacional Canadense Alison Hendricks, apresentando o tema Ansiedade: domando o monstro do pensamento.

Logo após foi a vez do canadense, Dr. Aravind Namasivayam, apresentar o tema Metodologia para criação de listas de palavras para avaliar o controle motor da fala em AFI.

Para finalizar, a fonoaudióloga e Dra. Elisabete Giusti fez o resumo do dia, recapitulando temas abordados, sintetizando cada um e trazendo insights sobre eles.

O evento terminou às 17h30 com muita emoção. A troca de conhecimento e afeto ficou registrada na gravação em vídeo da Conferência e nas centenas de perguntas e depoimentos feitos pelo chat disponível para participantes.

Aguardamos vcs na próxima conferência!